Saímos em matéria do Jornal Plural de 17, 18 e 19 de Janeiro de 2020.

MANTIQUEIRA ORGÂNICA

MUNICÍPIOS MINEIROS DA SERRA INVESTEM NA PRODUÇÃO DE ORGÂNICOS

por:

PATRÍCIA SANTOS DUMONT

Conhecida pela diversidade turística e pelos roteiros gastronômicos, a região da Serra da Mantiqueira, que se estende por Minas, São Paulo e Rio de Janeiro, tem se destacado também na produção de cafés, azeites e queijos premiados nacional e internacionalmente. Em território mineiro, os cultivos ganham ingrediente extra: orgânicos, ou seja, eliminando o uso de aditivos químicos e agrotóxicos.
Produtor rural, empresário e proprietário da Verde Oliva, Luiz Yamaguti foi o primeiro do Brasil a fabricar um azeite extra-virgem orgânico. Instalado em Maria da Fé e Delfim Moreira, onde reúne cerca de 35 hectares de três variedades de azeitonas, é também o único da América Latina a manter uma agricultura biodinâmica – baseada nos conheci- mentos de Rudolf Steiner, pai da Antroposofia, que utiliza conhecimentos da astronomia.

MÁXIMO CUIDADO
Colhidas em intervalos de até uma hora e meia, as azeitonas são processadas imediatamente para garantir a qualidade do produto final. Por ano, são produzidas de quatro a cinco toneladas do azeite especial, que deve atingir a capacidade máxima, de 30 toneladas, em até cinco anos.
“Nada do que é gerado na fazenda é descartado, tudo volta para a terra. Até a água (sem produto químico) usada para lavarochão, equesótem resíduos de azeite, é reutilizada nos biofertilizantes. Bagaço de azeitona, terra, folha, tudo volta”, detalha Yamaguti.
Comercializado em frascos de 250 ml, o azeite produzido nos dois municípios mineiros é distribuído em estabelecimentos de produtos naturais e orgânicos espalhados pelo Brasil.

Confira a matéria na integra Orgânicos na Serra da Mantiqueira